sexta-feira, abril 29, 2016

A minha vizinha que é muito doente

Nós temos uma vizinha que regressou de uma longa estadia noutra localidade. Vivia cá e lá, muito mais lá que cá. Uma vez por ano vem cá para ser operada. Vou ser operada porque é melhor ser cá porque lá há menos condições e por isso vim para cá. Depois ia-se embora para ser operada. Vou ser operada lá porque me chamaram e tem mesmo que ser lá. No ano seguinte regressa, ainda completamente ilesa, para ser operada. Estive à espera e finalmente vão-me operar, venho cá a um especialista. Duas semanas depois ia embora. Afinal não me operam tenho que voltar porque se ficar cá tiram-me da lista de espera do hospital de lá. 

Ávida praticante dos Dois Metros Sofá Porta, motivada sobretudo por uma atitude vencedora e pela vontade de ver quem chegou, o que traz vestido, quantos sacos do Continente traz e de que cor ainda é o carro que vira há pouco durante a prova de Cinco Metros Cozinha Porta, motivada sobretudo por uma atitude vencedora e por um ouvido de tísica que só não ouve o que não quer mas ouve a minha prima a pôr a chave à porta às cinco da manhã, era ela que eu bem a ouvi.

Agora diz que essa vizinha voltou para ficar. No outro dia a minha mãe passou por ela. Parece que o marido vem também, para ser operado. 

Karvela

Sem comentários: