terça-feira, agosto 13, 2013

Estereótipos infantis 101

Hoje fui passear o Pequeno Camarão. A meio do passeio encontramos uma garota com mais um mês que ele. Ao lado, o shor Fernando empilhava o seu habitual carrinho de mão com tralha avulsa, causando abundante cagaçal.

A miúda bem tentava. E era agarranços. E era marradas fofas. Mas o Camarão, como verdadeiro macho, não desolhava do material das obras, gargalhando maniacamente a cada catrapam de entulho. Um espertalhão, deixou-a toda maluca. 

É isso ou vai ser daqueles que aprecia o trolha, o índio, o polícia, o cóboi, o tropa e o do cabedal.

Karvela [edição pelas 21h do mesmo dia: pelas 20h30 o Pequeno Camarão afiambrou-se ao comando da Zon e tentou assinar a Sport Tv. Só por causa das tosses.).

Sem comentários: