domingo, dezembro 05, 2010

Errata

Afinal houve um erro de comunicação no post anterior. Nós não falávamos do mesmo raquítico. Enquanto que eu falava do Pedro Mota Soares e suas feições carregadas, o kramer falava do Diogo Feio.

Ver este homem no telejornal já me deixa transtornada. Agora ir googlar voluntariamente esta fronha e ainda ter que a introduzir aqui é coisa para me deixar com este lado todo dormente. A opção por manter o cabelo entre o Santo António e a depilação brasileira com o bigodinho é, a dois tempos, nauseante e corajosa.

Isto levou a um importante debate acerca da beleza física de deputados, simpatizantes e outras figuras do CDS-PP. Vejamos exemplos, apenas alguns no meio de tantos:


Paulo Portas: pessoa com a qual nem uma cuspidela para o olho eu gastaria e que cada dia se parece mais com um desenho animado. Daqueles mal amanhados, que fazem os putos chorar, como os palhaços no circo. 


 
Nobre Guedes: o homem transparente. Pálido como um senhor do Klan vestido para a noite de gala à volta da fogueira.

Manuel Monteiro: afastou-se para fundar a Nova Democracia e ser moderno, com uma machona a cantar-lhe o hino. Mas não deixa de parecer uma ave de rapina.
O Telmo Correia não é que seja um homem feio, mas tem um gosto inenarrável para material óptico.

Agora têm para lá uma moça nova, muito jeitosinha, mas cujo nome me ilude, e que é tão gira que até pensei que fosse do Bloco de Esquerda. A Teresa Caeiro também é uma das excepções mas na minha terra há um ditado: "Mulher que se deita com Vasco Rato não vale nem um chanato" e eu não sou pessoa para desprezar o povo. 

Duas conclusões me atingem. A primeira é que o Nuno Melo não é, afinal, assim tão jeitoso (apesar de jeitoso, não desfazendo). Os outros é que são feios que nem um tamanduá. A segunda, talvez a mais importante, é que acho que consegui provar empiricamente que os líderes, ex-líderes, deputados e/ ou simpatizantes do CDS-PP fazem parte de uma lotaria genética que tem muito pouco de aleatória e que claramente os distingue dos restantes mortais como sinais luminosos de perigo, muito perigo. É ver uma comitiva do CDS-PP a entrar numa festa e tudo o que é moça fértil a afastar-se, numa lógica darwiniana de maximizar o potencial do parceiro mas ao contrário.

Karvela (mais uma vez, não desfazendo, no PCP o Bernardino tem mesmo que dormir uma sesta que aquilo às vezes olha para uma pessoa e parece mesmo que vai agir de acordo com o aparelho do partido. Eu quando é assim fujo, que a Sibéria nesta altura do ano é fria e eu não tenho vida para um ir para um gulag, que maçada...)

4 comentários:

Anónimo disse...

Assunção Cristas...
Ela engana porque é a favor do casamento homossexual.
Tão gira e católica que por ela até me mortificava todos os dias...

Alillis

Maria Santos disse...

Adorei!
São todos pirosos e com cabelinho á f$%#&-se...

Anónimo disse...

mas olha que o "santo antónio" aí na primeira foto é de facto um santo... deu-me aulas na faculdade e - espante-se - até aprendi bastante com ele. Pena estar no partido em que está... sobretudo ele que tem umas ideias de esquerda!

Ana disse...

Quanto a mim, o serviço ao país é que conta, e isso não se compadece nem de esquerdas nem de direitas: ou se serve o país ou serve-se a ideologia.