quinta-feira, julho 01, 2010

Os meus colegas são doentes

Hoje ao almoço encetámos uma interessante conversa acerca do pássaro jardineiro que saiu na National Geographic deste mês. Pois é um passaroco que, para conseguir alguma poon, faz bonitos arranjos florais. Mas, como o Mundo está povoado daqueles seres impossíveis que se chamam ssssoas, o jardineiro às vezes tem como matéria-prima umas latitas e material de escritório. Ora, uma das fotos é precisamente do bicharoco com um clip cor-de-rosa no bico. Isto promove o primeiro grande comentário da tarde:

P. - Ahhhhhhh, ainda me lembro dos tempos em que andava com um clip na boca para sacar gajas!

Risos alarves, pergunta-se à senhora da cafetaria se na altura dela a engataram com um clip, etc.

O segundo grande comentário vem da C., que, do nada, diz:
C. - Já me esquecia! Agora em Santarém há uma loja daquelas dos............ *toca um acordeão invisível com as mãos*
D. - Acordeonistas!
Karvela - Mimos!
C. - GÓTICOS!
P. - Se calhar por isso é que Santarém é a capital do gótico!

E isto levou à imagem mais triste de sempre. As pessoas chegam e perguntam "Onde é que está o gótico?" e os nativos apontam para um tipo todo vestido de preto a ouvir The Cure nos fones, sentado num banco de jardim. Para breve uma montagem com o Robert Smith. Até lá, fica a constatação que estou rodeada de doidos que validam a minha própria insanidade.

Nomeadamente quando apreciaram que eu tenha passado parte da tarde com um clip no lábio a tentar engatá-los.

Karvela

Sem comentários: