terça-feira, março 23, 2010

O meu pai nunca me enganou!

Ninguém conseguiria ler tantos livros e ser humano!
Enviada do dispositivo sem fios BlackBerry®

1 comentário:

Mariam disse...

Rapariga, tu és carne de sua carne e, sendo assim, qual a tua estirpe?