segunda-feira, março 08, 2010

No one puts Gaga in a corner!

Há tanta gente a querer ser a Lady Gaga. Pessoalmente acho o estilo da tipa um espectáculo mas é preciso ser-se assim à partida. É preciso ser-se uma Cher, uma Grace Jones ou uma Björk. Não é chegar e decidir que se quer ser avant garde de um dia para o outro.

Provas: Amanda Seyfried e Jennifer Lopez, aparições de Nossa Senhora do Vestido Feito com Aquele Plástico das Bolhinhas. Eu rebentava-as, sim. À chapada.


Karvela

1 comentário:

Mariam disse...

Deitadas na passadeira vermelha, a fazerem de cilindro compactador, certamente chegavam à sala dos prémios com um fatinho menos volumoso. Pelo caminho, tac-tac-tac-tac, até podiam ter um acesso de flatulência, que passava despercebido e era um alívio (para elas).