domingo, setembro 13, 2009

Deepak Crispim

Ou o Crispim gosta demasiadamente da senhora da limpeza ou continua a encontrar metáforas muito parvas para o amor entre dois senhores. Este post do Crispim inspira-me. Vou escrever uma crispinada.

VIESTE DO NADA. VIESTE E FIZESTE-ME VER A LUZ. NÃO UMA LUZ QUALQUER, MAS A LUZ DA ESCADA QUE LEVA AO MEU LOFT, ONDE HÁ TANTO TEMPO ESTAVA NA ESCURIDÃO, ALI SENTADO NUM DEGRAU, COMO UMA CRIANÇA QUE NÃO CHEGA AO INTERRUPTOR.

Vão-se lixar, as minhas crispinadas são melhores que as do próprio! E com menos erros ortográficos.

Karvela

3 comentários:

BlueAngel disse...

E tão bem dispostos que ele estava mais a sua vassoura na passada sexta-feira, no bairro. LOL Prefiro as tuas crispinadas que as do própio. :-d beijocas larocas com amizade :-)

Dauphin disse...

In deed.

Agora, Deepak Crispim?! Gostava ele, ahahahahahha!

kramer disse...

Quem???