segunda-feira, agosto 24, 2009

Night time is the right time to pee

Ahhhh, uma vez mais a experiência do campo. Ora se há gente que vai para o campo para ter essa experiência certamente nunca passou pelo bonito e aconchegante momento da urina aleatória contra uma parede.

Estou a passear o Óscar nas traseiras da minha casa, são 20h45, já está lusco-fusco (cinco, sete minutos...) e um senhor da terra passa por mim, do outro lado da rua. Como não me viu não sei, até porque a avenida não é larga; mas não me disse "boa noite" por isso parti do pressuposto que estava com os seus pensamentos e continuei a passear o Doutor. Ora, esta avenida é composta de metade alcatrão metade terra selvagem. O senhor vem da zona do alcatrão, chega ao limite da terra selvagem e eu penso "mas onde é que este gajo vai às escuras?".

Pois o senhor mira a parede durante uns segundos e procede com a abertura da braguilha seguida da retirada peniana e do início da urinação. De costas para mim, faço o melhor para que o vento esteja sob os meus pés e avance lesta; rezo para que o Óscar não ladre ou fuja.

Mas, no fim, mesmo já quase fora do alcance de vista, não resisto, lanço uma tossezinha mete-nojo e fujo para casa.

Mas os homens não têm auto-controlo? Uma gaja quando tem vontade na rua urina-se para dentro da mala!

Karvela

1 comentário:

marta disse...

http://cm1.theinsider.com/media/0/526/55/jamie-pressly-peeing-on-sidewalk.0.0.0x0.410x465.jpeg

A não ser que sejam a nossa amiga Joy e que tenham acabado de sair do cabeleireiro...