sábado, janeiro 03, 2009

Cabeleireiras do meu país, decidi-vos!

Pelas vésperas do Natal fui dar um jeito a esta melena que só seis meses depois das primeiras intervenções ridículas a que foi sujeita em 2008 parece começar a ter algum ar de, vá, cabelo.
No cabeleireiro do costume, que eu adoro e que tem uns preços maravilhosos - really, maravilhosos! - diz-me o Carlos: "Aiiii querida, agora não que eu tenho que ir almoçar... dá para aparecer às 4 da tarde?" "Dá!".

Saí daquele e fui a outro.

Então neste outro, passando a publicidade porque gostei muito, O Sexto Sentido, na Baixa, há assim um conceito um bocado peregrino que é o de arranjamos-sapatos-cortamos-cabelos-fazemos-manicures-vendemos-broches-e-malas. Pelo menos a parte dos cabelos adorei! Uma daquelas senhoras old school, que ainda é jovem, mas que começou aos 15 anos a varrer chão e a lavar cabeças e que foi aprendendo, fez-me um corte giríssimo, ainda deu dois dedos de conversa interessante e tirando o preço (que, mesmo assim, não é brutal para a Baixa) acho que estou cliente.

Contudo, como sempre, tenho problemas com algumas afirmações das cabeleireiras. A desta foi algo como: "Se tem o cabelo oleoso tem mesmo que o lavar todos os dias porque o óleo a mais danifica a raíz e apodrece, levando à queda."
Toda a vida ouvi as cabeleireiras dizerem "Que horror!!! Lavas o cabelo todos os dias??? Mas isso apodrece a raíz!"

Amigas, companheiras de pilosidades, hair stylists... só a imagem do cabelo apodrecer é assim algo que me deixa arrepiada porque eu já não sou a pessoa mais dotada de pelames, quanto mais agora ficar sem ele. Ainda por cima imagino-o sempre com cheiro a alface de cinco semanas no frigorífico. Depois, mulheres, DECIDAM-SE! Ou apodrece por lavar ou apodrece por não lavar! É que isto dos cabelos deixa poucas opções quanto à higiene... ou é sim ou não!

Karvela (cabeleireiras - amo-as mas odeio-as mas amo-as!)

6 comentários:

Maria do Consultório disse...

A história da minha vida...Eu lavo na mesma, porque isto já deve ser um distúrbio e já tenho muito com que me ralar para agora ter de lidar com as minhas psicoses. Não tenho tempo!
Comprei a líssima cheia de power e eu, como gaja cheia de pelame, tenho a dizer-te que estou feliz e que resulta, o problema é que tenho de o ir cortar e sei (ó se sei!) que elas me vão dar cabo da trunfa e nem com a lissima lá vou.
Gaja sofre...

Anónimo disse...

Amori ainda nao sou cabeleireira mas lavar a cabeça todos os dias apodedrece a raiz do cabelo.
O cabelo secado com o secador, claro, a raiz ainda tem mais 48 horas pela frente para ficar totalmente seco.
E sim vou tirar curso cabeleireira... :)
Tânia

Black Sheep disse...

Fico contente por saber que transporto uma farta e podre cabeleireira no cimo da minha cabeça, nem sei como não cheira mal. Sim, lavo o cabelo todos os dias, não uso secador e saio todas as manhãs com o cabelo molhado de casa, mesmo que neve! (a parte da neve não é exagero, já o fiz algumas vezes). Também costumo ser vítima de outro mito urbano: qualquer dia apanhas uma pneumonia por nunca secares o cabelo. Ou tenho muita sorte ou sou muito ruim...

Anónimo disse...

E o tal secador?deixa o cabelo com um look japonês????

OMPC disse...

Melher, eu lavo a minha guedelha todos os dias ha kuase 30 anos e nunca cá apodreceu nada!! Apodrece é se não o lavares. Por acaso não tomas banho todos os dias?? Tens a pele podre??

Restelo disse...

EU já ouvi um dermatologista a dizer que é melhor lavar todos os dias do que ficar a porcaria. Na minha opinião de pessoa que adora auto-medicar-se, ele tem razão e faz sentido! Porque raio é que a água faria a raiz apodrecer?? Mostra-me a estrutura química do cabelo e eu digo-te se a água o apodrece ou não!