terça-feira, abril 29, 2008

Isto é tipo estar apaixonado mas ao contrário e com nervos

Na generalidade tenho colegas amiguinhos e simpáticos. Os estagiários vêm perturbar o ecossistema mas, também regra geral, são pacíficos e alguns deles até se tornam visitas da casa. Mas agora aparece-me uma estagiária chamada Felisbela? Ela saberá, por acaso, o transtorno que me causa o desejo de lhe chamar Floribela e fazer coreografias quando passa por mim? Ela terá noção que quando lhe digo "Bom dia" o que eu quero mesmo é dizer "Ó Luciana, belas mamas!". E quando Deus lhe deu duas tangerinas em vez dos melões sem pevides da outra, terá Ele tido noção do momento histórico-televisivo durante o qual esta moça iria ter que viver na Terra?

Crueldade não é fazer testes de manteiga de amendoim em olhinhos de coelho fofo nem dar pauladas a focas. Crueldade não é espicaçar o rotováiler até ele ficar a espumar sangue quando vê um puto com menos de dois anos. Crueldade é ter que viver neste ambiente de trabalho.

Karvela

1 comentário:

Restelo disse...

Pobre moça... os pais não deviam gostar muito dela... Pior ainda era o nome da minha professora de francês: Florisbela! Sim FLOR-IS-BELA, tipo Flower-is-beauty mas só uma parte foi traduzida!