quarta-feira, dezembro 19, 2007

Depois de Cláudio Ramos e Pedro Crispim, eis que entra em cena... David Motta!

David Motta, filho da senhora da mão de plástico que mandou matar o marido (alegadamente, caramba!) tem um blog. Valha-nos Santa Blogofémia! É que o Crispim e o Ramos ainda têm alguma dignidade, dentro daquela coisa de serem putos de 15 anos presos no corpo de adultos, de um deles estar tão dentro do armário que nem com tenazes alguém o desprende da faia do Ikea e do outro ter uma testa que dava para alojar três famílias neste Natal. Têm algum estilo dentro do metrossexual, têm ar de quem cheira bem, são assim para o lavadinho.

Já o David Motta é um gajo que é um puto de 15 anos preso no corpo de um quase adulto, uma mulher presa no corpo de um homem e, pior, preso no corpo de um camionista de meia idade, dada a finesse do título do seu velóguio, o Escarrador. Ainda por cima agora anda com pouco dinheiro e o banho não deve abundar. Leio numa revista que a miúda é virulenta na crítica, por isso vamos lá verificar.

Nota #1 (isto em tempo real, veja-se!): o puto escreve bem melhor que as mariconeras cheirosas.
Nota #2: é um bocadinho maria pedinchona.
Nota #3: lá mais para baixo torna-se um bocadinho NSFW. Ou em português NSPT.
Nota #4: como sou uma sucker for love, não posso deixar de achar fofas as fotos do irmão.
Nota #5: que mania com as Olsen. Não passam de fúteis fashionistas subnutridas, pá.

Chego ao post que teve honras de Nova Gente ou outra revista aleatória. Trata-o fofamente por Hernâni Caralho, local para o qual eu também gostaria que o Hernâni fosse, só por causa do livro da Madeleine.
Infelizmente, o primeiro sítio do blog onde detectei erro ortográfico foi precisamente onde aparece escrito Cláudio Ramos:
Aposto que se trabalhasses na estação concorrente, serias mais um a sudomizar o Cláudio Ramos, sem que ninguém aparentemente soubesse... (Será que ninguém ao fazê-lo se lembra da desgraçada da filha, que ele alegadamente, (eu sou um apologista da presunção de inocência), terá feito àquela macaquinha?!?


Macaquinha? Respect, David, respect! A minha vénia por chamar um nome anatomicamente correcto ao devaneio heterossexual do Ramos.
Lá mais para a frente pede desculpa por causa da criança que não tem culpa de ter um pai Ramossexual, mas mesmo assim... macaquinha? Respect!

A minha vénia ainda vai um bocadinho mais abaixo na frase seguinte, acerca da esposa do Hernâni:
P.S- Minha grande besta quadrada, achas que eu alguma vez me vestiria de mulher, sem saltos altos ou pestanas postiças?!? De qualquer maneira, mesmo ao natural, é um prazer ser mais feminino e apresentável que o camafeu que tens em casa, a lavar-te os trapinhos nojentos com que escondes essa tua figura medonha.

O P.S. no post de pedinchão ao Pai Natal também me fez rir: P.S- Veja se lhe passam as fomes ou se come no caminho, que eu este Natal, senão me matarem até lá, pela primeira vez em 20 anos não vou ter possibilidade de lhe deixar o copinho de leite com biscoitos. E nem pense em atacar a ração do cão, que é do Lidl mas ele gosta.

Karvela (Acho que gosto do David Motta. Pelo menos no blog porque depois vê-lo nas revistas seca-me o útero aos poucos.)

1 comentário:

Headache disse...

O Claúdio Ramos está tão dentro do armário, mas tão dentro, que já chegou a Nárnia.