quarta-feira, dezembro 19, 2007

A arte de fino recorte que é o insulto

Deixei para um dia de chuva os comentários catitas que dois anónimos me deixaram por aqui:

És uma gaja um bocado reles, com um blogue cheio de palavrões. Será que também és da "geração rasca"?
Palavrões, eu? Eu uso palavras que estão em dicionários, que são utilizadas por esta língua viva que é o farsi. "Geração rasca". Adoro. Vou responder. Preparado? Vá. Não, sou da geração "à rasca"? Viste os parêntesis? Coisa linda. "À rasca". Fabuloso. Bardamerda trinta vezes.

Passei aqui uma monte de tempo e não encontrei nenhum post que se aproveite. Porcaria de blog de pita. Afinal quando é que mostras as mamas?
Nenhum post que se aproveite e porcaria = insultos; blog de pita = tipo elogio dentro do género. Tudo pesado numa balança que pende sempre para o meu lado, posso dizer sem dúvida que mamas só mostra a tua mãe aos clientes.

Karvela (beijos nesses corações)

2 comentários:

Tita disse...

Cre-do!LOoooooooool

maneira soft de chamares p*ta à mae...LOOL

Arnaldoooooo disse...

Quando é que mostras mesmos as mamas?