quarta-feira, novembro 14, 2007

O meu messenger é pequenino como um grão de arroz

Eu sou estranha, é um facto, eu cito Monty Python no meu subnick do messenger. Para algumas ssoas isso deve dar o mesmo nó no estômago do que as seguintes, que passo a citar:

Uma amiga minha tinha como subnick: Vive cada dia como se fosse o último!!!! Um dia vais acertar e serás feliz porque sempre o foste!

Antes de mais, minha querida, eu DETESTO a frase “vive cada dia como se fosse o último”, porque se eu soubesse que estava a viver o meu último dia, despia-me toda e descia a Baixa de Lisboa com os braços no ar a dizer “Vem aí o Apocalipo! E é de Lima Limão, que arrepela o pelame!!!”… e acho que ninguém iria querer ver isso.
Depois, “um dia vais acertar e serás feliz”? Parece-me um erro crasso no raciocínio! Estou eu… vá… morta, e penso “Iupi! Estou feliz!!! E olha que bem, isto é que foi, vivi todos os dias como se fossem o último, fumei, bebi, comi, forniquei, desci a Baixa em pelota e agora estou feliz. Tenho 22 anos, mas estou feliz!”

Outra tinha como subnick a música que estava a ouvir: Not A Dry Eye In The House - Meat Loaf
Meat Loaf ou, como algumas pessoas teimam em chamar, Mit Lâv. É primo em segundo grau do Púl and Bir. Amiga, sempre que te apetecer ouvir Meat Loaf, por favor, desliga plug-in do Messenger e do Media Player, que esse tipo de atitudes não te ficam bem e provoca nas pessoas efeitos secundários muito desagradáveis como o encolhimento peniano permanente.

Depois há lá uns que têm os blogs, tipo “ah e tal visitem-me”, um laestoueuadivagar e umas as7vidas e umas mordidelas… pronto, tá bem, publicitem lá… pfff... eu nunca faria isso, mas tudo bem!

Finalmente, tenho aqueles que eu não faço ideia de quem sejam mas para lá andam.

Um diz: As paixoes sao como ventanias que enfunam as velas do navio.algumas vezes o submergem,mas sem elas nao se pode navegar
Eish, ca profundo. As paixões são como ventanias. Enfunam as velas do navio… do navio, uma cena concreta, não é “de um” navio, é do navio, sei lá, o navio da tia Pipoca que tá soberbo e onde se fazem umas festas melhores cas do Sasha. Algumas vezes o submergem. As ventanias. Mas sem elas não se pode navegar. Sem as paixões não se pode navegar. Navegar, paixões, vento, blow, navegar. Pronto, boa desculpa para ver porno na net. “Ah, tou com a paixão da ventania, agora não posso!”

Depois há uma pita qualquer cujo nick é “o sofrimento faz parte da vida” e o subnick é “o sofrimento faz parte da vida”. A coerência faz parte da vida.

A maior felicidade de um guerreiro é poder superar suas metas e desafios. Vê-se mesmo que nunca andou à porrada. A maior felicidade de um guerreiro é dar um enxerto ao outro e ir para casa com os dentes todos.

Quem faz bem é o meu amigo N., que no subnick anuncia ao mundo “o meu cão não tem rabo”. Lacónico, pragmático, anatomicamente incorrecto.

Karvela (deixem-se lá disso, páááá!)

6 comentários:

Piston disse...

Deus ama-me e ama o Google Adsense (em partes iguais).

- Nuno T - disse...

Ok ok, senhora campeã de tiro ao alvo com molas da roupa ao gato do vizinho!

Bjs***

Anónimo disse...

Haja alguém que pensa o mesmo que eu!Panconas, pá! Filósofos no messenger, era o que falatva.
beijo

Bxana disse...

Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhh!
A Karvela criticou-me!!!

Mas que mal fiz eu? Ein? Snif, snif...:(

(para quem não percebeu, sou a criatura do Mit Lâv)

kramer disse...

Apoiado. Basta de filosofias da treta!
... e de gostos musicais questionáveis.

bruno.tiago.rodrigues disse...

Hoje tenho uma aqui com "A minha cama é uma ilha...e tu o naúfrago que nela habita...e já vão 6 anos.."

Não sei o que pensar. Será o vibrador? Será um ácaro?

Só me consigo lembrar do Lost. Dos gajos desgraçados a comerem-se todos uns aos outros para ver quem se pira primeiro. Sou só eu ou isto é uma óptima escolha de palavras para um MSN-coiso?