sexta-feira, julho 06, 2007

Velhas mas nunca gastas (cagastas?)

Recebo um e-mail do Arnaldo com várias anedotas, umas mais velhinhas que outras, mas entre elas duas das minhas favoritas de todos os tempo:

A doente pede ao médico:
- Beije-me Dr.
- Não posso, a ética profissional não me permite! Eu nem devia estar aqui a foder consigo

A miúda acompanhou o avô ao barbeiro.
Enquanto o mestre fazia o seu trabalho a garota comia um chupa-chupa, pelo que o barbeiro lhe disse:
- Ainda vais ficar com pelinhos no teu docinho!
- Eu sei. E também vou ter mamas!

Karvela

1 comentário:

- Nuno T - disse...

Tipo... lindo! Faz-me lembrar aquela:

O mano mais novo vê a mana mais velha a sair do banho e pergunta:
-Mana, o que é isso no meio das tuas pernas?
-Err... (o q digo ao puto?!) é uma ferida...
-Epá, ganda azar... mesmo no meio da c*na...

Mainada!