quinta-feira, maio 31, 2007

Too much CSI will make you cra-zay!

O cartaz de campanha para a Câmara de Lisboa do António Costa diz RIGOR. E eu só consigo pensar em "mortis" para acompanhar.

Karvela (ou se calhar é aquela rigidez do shor Costa... já vi genocídios com gente mais alegre do que o pessoal daquela família... chiça!)

4 comentários:

Mack disse...

Epá, isso não é nada.
Deixa-me lá trazer para aqui um bocado do universo masculino:

Os cartazes do Sá Fernandes dizem "O Zé faz falta."

... mas por incrível que pareça, o árbitro não marcou nada!

O sistema (finalmente) chega à política.

E já agora, e porque estou on a roll, que jeito amaricado de cruzar os braços é aquele do Tó Costa? Será que o moço tinha medo que alguém viesse e lhe puxasse os braços fazendo assim um nó cego?
Epá... seja como for, nunca irá ser encontrada uma justificação para aquele cruzar de braços à lá macarena.

Bom e porque gosto de distribuír mimos à esquerda e à direita, sobre Fernando Negrão só tenho uma coisa a dizer:
Embora o PSD se tenha esquecido de colocar nos outdoors, o nome todo do Fanã Negrão é Fernando MIMOSO Negrão.

I rest my case.

Headache disse...

Eu ouvi dizer que eles sorriram uma vez, mas não foi registado sob suporte físico. Deve haver testemunhas, no entanto, não me parece que seja apenas lenda.

Jorge disse...

E o que diz "Precisamos do Zé"?

kramer disse...

O que realmente acho é que esta eleição/campanha ficará conhecida pela eleição dos candidatos sem carisma.

É impressionante. Não há um!!!
O caso mais paradigmático é aquele tipo asqueroso, o Telmo Correia.