domingo, abril 22, 2007

Anónimo, amigo, ler o resto do blog ajudaria a entender melhor a minha hipocrisia. E também a minha ignorância. Ah, e que sou uma vaca.
Que sou!

Oh minha vaca, para te demonstrar que não sou um simples ignorante vou apontar um erro que deve ter passado despercebido a muitos: na imagem na parte superior do teu 'blog' aparece uma referência à cadeia de restaurantes KFC. O que está errado é que tu, estúpida, tens escrito na dita imagem "chiks", que não existe. A não ser que te queiras tornar verdadeiramente ainda mais estúpida e analfabeta do que já és, certamente saberás que a expressão correcta é "chicks" (com K), que significa frangos pequenos ou pintaínhos. Espero que este comentário te elucide quanto à tua ignorância e hipocrisia.

Apenas um idiota se dá ao trabalho de provar a sua inteligência.

Chicks ou chiks é igual para mim quando a banner foi uma oferta. Um presente de alguém que aprecia a chafarica. Vá, rim shot, muda lá isso e dá-me com o inglês corrigido deste monte de merda senão nunca mais se cala...

Agora anónimos cobardes há muitos. E que tal um nomezinho? Adoro saber o nome das pessoas que me chamam vaca.

Ai, o que não faz ter um pénis pequeno, pá. É que assim nem te posso perguntar se tens pilinha para brincar.

Karvela (Gui, já busquei por bolsar e bolçar e ambos estão bem, aparentemente... alguém que me elucide acerca disto, que agora não tenho tempo...)

7 comentários:

Gui disse...

é só pra dizer que dou razao ao anonimo das "chiCks"....é q realmente o correcto é bolÇar (lançar fora;vomitar) e nao bolSar (formar bolsos ou foles;enfolar (o vestido)???;fazer bolsos).
Vou pegar na minha estupidez e castigar-me severamente durante 12horas a ver programas do saudoso antónio sala e do júlio isidro esses sim sabem bem português...

Anónimo disse...

ohhh Karvela, eu acho que você é suficiente bonita e inteligente para ligar e publicar essas bacoradas.
jonhny

Bxana disse...

Eu entendo os anónimos. Ter falhas de personalidade, ser cobarde e não ter vida própria é capaz de ser um bocado lixado.

Preferia bolsar [bolçar, bolxar, whatever...]cinquenta vezes por dia e ser perseguida por chiks [chicks, xics, whatever...] a ter de ser uma pessoa triste que até vergonha de admitir quem é. É triste pá. A sério. Triste.

Mas mesmo bué de [note-se, segundo o Malaca Casteleiro, Malata Castanheiro, whatever... é "de" que se diz, ein?] triste.

Yo.

=)

Zariza disse...

Ah como eu gosto de um bom ignorante de vez em quando.... é assim como quem me alegra o dia logo pela manhã.

ricardo disse...

sinceramente...há gente para tudo. Dão-se ao luxo de perder alguns minutos da sua vidinha (que pelos vistos não deve ser lá muito interessante), a corrigir erros de uma maneira tão abrutalhada.

"Oh minha vaca, para te demonstrar que não sou um simples ignorante"

Claro que não és filho, ninguém pensou que fosses um "simples" ignorante...deves ser bem mais que isso, acredita. Agora vai à casa de banho e tenta dar umas cabeçadas no bidé...um bem haja.

xana disse...

credo...ha quem se de ao trabalho????
ó anonimo se tivesses assinado agr eras o maior sucesso da net, bistes??!!

rimshot disse...

É muito triste ser um anónimo.
Os anónimos não têm nome.
Nunca vão ter nome.
Fazem todos parte duma massa.
Onde a justificação é mútua.
Quando digo anónimo é no sentido pejorativo da palavra, que qualificam as pessoas sem carácter ou personalidade, que são todos esses atrasados mentais com gostos iguais, improdutivos, mesquinhos, e com um Q.I. realmente baixo, tipo 50, ao nível duma chick, ou chik porque escrevo como me dá na telha, mais ó caralho…
Não te percas em detalhes anónimo, porque assim não vês o panorama, mas disso não tens culpa… és limitado, e estás muuuuuuito longe de perceber alguma coisa que não te passe à frente do nariz.
É que és tão limitado que dás nervos…
Fuck this shit…tempo perdido…

GO LAGOSTEENA! GO!