quarta-feira, março 21, 2007

Incongruências

Ando em estado de paixão pela Casa Chinesa, pastelaria na Rua do Ouro, e apesar de ter que me desviar alguns quilómetros do percurso habitual, sempre que posso, por volta das 9h da manhã lá estou eu.

Eu sou daquelas pessoas difíceis que pede “É um café e um pão da avó bem cozido com manteiga para embrulhar”. Mas hoje ouvi o topo de todos os pedidos num café. Uma senhora ao meu lado pede “Dê-me uma torrada pouco torrada e quase sem manteiga”.

Não era mais fácil entrar numa padaria e comprar um papo-seco?

Karvela

4 comentários:

sil disse...

e de onde virá a expressão "papo-seco"?...

BlueAngel disse...

Era ainda mais fácil colocar um pouco de farinha na boca e empurra com um gole de água!

That Old Anonymous disse...

Desculpa, mas não entendeste bem a senhora!

Ela disse "dê-me"! E se tem quem lhe dê uma torrada pouco torrada quase sem manteiga, para que haveria ela de comprar um papo-seco?.. Dahhhhh!

Anónimo disse...

...isa,
Um dia destesvou ctg. O teu desvio já me anda a provocar curiosidade gustativa!
Eu sou gulosa...começo a pensar em bolinhos acabadinhos de fazer...é claro k isso contribui...e muito...para os meus pneus MICHELIN!