segunda-feira, fevereiro 12, 2007

O aborto, o Correio da Manhã e o aborto

Prémio Pobre de Mim que sou tão doente e agora estas malucas fornicadeiras vão-se-me fazer abortos só porque acordaram esta manhã e não tinham cabides em casa.
Não me conformo. Tenho 44 anos, asma desde q nasci, desde q tive o meu filho aos 30 fique diabetica, mas tudo isto era irrelevante porq há milhares piores q eu. Se eu não tivesse q pagar na totalidade uma bomba de asma, q o governo não comparticipa e da qual eu preciso todos os meses para viver e custa 86 euros. Ora para matar dá 5oo euros. É Mesmo muito triste. (Santarém]

a) Asma desde que nasceu? Em vez de chorar, arfou.
b) Tenho muita pena que não se comparticipem as bombas de asma. Sou a favor da despenalização da interrupção voluntária da gravidez e da comparticipação das bombas de asma. Uma coisa não exclui a outra. Referende-se!
c) Este prémio tem a menção honrosa “Eu sou muito doeeeeeeeeeeeeeente…”


Prémio tenho 85 anos e todos os pagãos deverão morrer. E não me pisem a relva, por Deus!
Este país está podre... caminhamos para o abismo, daqui a 300 anos o aborto será lembrado com horror, seremos vistos como primitivos. Mas se até Jesus Cristo perseguiram e crucificaram... pobres almas que ficarão por nascer. Um dia todas as assassinas pagarão pelos seus pecados e quem votou sim não será esquecido.

a) Daqui a 300 acho que este senhor ainda andará por cá a pregar
b) Este comentário só me fez lembrar a passagem, d’ A Vida de Brian:
NISUS WETTUS: Next. Crucifixion?
PRISONER #1: Yes.
NISUS: Good. Out of the door. Line on the left. One cross each. Next. Crucifixion?
PRISONER #2: Yes.
NISUS: Good. Out of the door. Line on the left. One cross each. Next. Crucifixion?
MR. CHEEKY: Ah, no. Freedom.
JAILER: Hmm?
NISUS: What?
MR. CHEEKY: Eh, freedom for me. They said I hadn't done anything, so I could go free and live on an island somewhere.
NISUS: Oh. Oh, well, that's jolly good. Well, off you go, then.
MR. CHEEKY: Naa, I'm only pulling your leg. It's crucifixion, really.


Prémio Demagogia Facilitista Enjoante. DFE
Nos EUA foi o 11 de Setembro; em Espanha o 11 de Março; em Portugal foi agora o 11 de Fevereiro! Estes "onzes" são dias da morte. Sim, porque, legal ou ilegal, o aborto é sempre matar um ser vivo. O roubo, de caras ou escondido, é sempre roubo, mesmo que legalmente autorizado. Agora quero um referendo sobre se é crime ou não a evasão fiscal, desde que feita num contabilista legalmente autorizado.


Prémio Demagogia Facilitista Enojante, DFE. Menção Honrosa “Aborto e pena de morte: uma e a mesma coisa!”
José Sócrates, o senhor da MORTE. FAÇA-SE UM REFERENDO PARA A PENA DE MORTE SER APLICADA EM PORTUGAL. E VEREMOS QUE A ABSTENÇAO NAO EXISTIRÁ. FEZ REFERENDO PARA MATAR, FAÇA-SE PARA ENFORCAR ASSASSINOS.

Karvela





2 comentários:

x-prep disse...

86 €?! Todas as bombas pá asma juntas n custam 1/3 disso. Essa tipa deve ter juntado meia duzia de antidepressivos à conta.Vaca!

Sandra Cunha disse...

Pois eu quero um referendo para retirar Aveiro, Viseu, Braga, Viana do Castelo, Vila Real e acho que me estou a esquecer de alguém, de Portugal. Já agora também podem ir os Açores e a Madeira.