quinta-feira, fevereiro 08, 2007

Coisa de mau gosto... francamente!
24 de Abril de 2006

Ou
O post que eu hesitei TANTO em publicar


Vários actores vieram a público dizer que a canção “A vida faz-me bem”, tema do Dino nos Morangos com Açúcar, era perfeita para o Francisco Adam.

Ou eu não estou a pensar com os neurónios todos, ou há aqui uma fina ironia que está a escapar a esses actores (e “actores”). Na minha perspectiva, a vida acabou por não lhe fazer grande coisa.

Para ajudar, copy/ paste da letra que não deveria ser utilizada como homenagem, porque tem demasiados duplos sentidos:

Atrás de mim
Há uma voz
A chatear e empurrar
Manda-me além
Longe d’aqui
E diz-me p’ra não parar
Com cada passo eu vou
A perceber quem sou
Oh—- A vida faz-me bem
Oh—- Não voltarei p’ra trás
Eu descobri
Vem é d’aqui
Esta energia assim
Dá p’ra sentir
A porta a abrir
Algo a mudar em mim ...
Posso arriscar a dor
Mais à frente há melhor
Refrão
Qualquer dia ou hora
Eu vou viver no “agora”
Não há como nos parar
Temos que é avançar assim
Refrão

Karvela (já estou a ver o meu próprio relatório do médico legista. Homicídio por asfixia. O sujeito foi asfixiado com 3kg açúcar e os olhos foram arrancados e substituídos por morangos. Foi um crime de ódio perpetrado por alunos do 7º H da escola E.B. 2+3 da Brandoa).

P.S. A escrever este post, falámos do Ayrton Senna, das piadas sucessivas que apareceram 30 segundos depois do homem morrer; e relembrámos o clássico “Qual era a música preferida do Ayrton Senna? The Wall”. O Homem Suburbano, o mesmo que me repreendeu por fazer este post, diz muito baixinho: “É pena não haver músicas sobre eucaliptos!”

10 comentários:

That Old Anonymous disse...

Queres ser enterrada ou cremada?...

Não te esqueças de mim no teu testamento, hã?!

(Podias legar-me o João Pedro ou, então, o cérebro para eu fazer um transplante e ficar inteligente como tu...)

zariza disse...

"Atrás de mim
Há uma voz
A chatear e empurrar
Manda-me além
Longe d’aqui
E diz-me p’ra não parar"

Não sei porque é que investigaram o acidente... tá tudo aqui explicado. A culpa foi do gajo que vinha atrás.

Quanto a não haver nenhuma musica sobre eucaliptos sempre há aquela:
"Uma árvore um amigo, que podemos bem tratar...." Sabes qual é? sabes?

Arnaldoooooo disse...

Infelizmente és triste.

existe uma música sobre eucaliptos

"Eucaliptos d'Sul,
bando de árvores doidas
Andam por aí xico-d'adams
a galar as moiças
Em noites de romaria"

mika disse...

e os últimos pensamentos de Dodi Al Fayed e da Princesa Diana antes do acidente que os vitimou... a propósito de piadas parvas

BlueAngel disse...

Acho mal teres tido tanto material de qualidade guardao durante tanto tempo! :-)

BlueAngel disse...

Já agora o teu cérebro dá para dividir por dois? Dividia ali com o that old anonymous, pq tb quero fazer piadas inteligenets como tu)

Andreia Fernandes disse...

Fiquei chocada com tanta insensibilidade.
Como se pode gozar assim com uma tragédia dessas?

biodesagradaveis disse...

Era uma vez um blog, que ia tendo uma ou outra visita, e o autor desse blog aquando da morte desse tipo resolveu ridicularizar a situação, esse blog nunca mais foi o mesmo. Mas ele diz que não está arrependido.

http://biodesagradaveis.blogspot.com/2006/04/rip-all-of-you.html#comments

http://biodesagradaveis.blogspot.com/2006/04/thats-show-time.html#comments


Mas sim, os gajos dos morangos metem-me um certo asco. A vida fazia-lhe bem, assim como a coca, daí ele ouvir uma voz atrás dele... delirios de drogados.

APC

kramer disse...

O lema devia ser: a vida faz-me bem, a coca e as árvores também.

P.s. Se conduzir não snifeeeeeee.

Jorge disse...

Eu sou mais mau que tu! Eu faço piadolas com cancro!

Andreia Fernandes, o verdadeiro demónio é o Piston!