terça-feira, janeiro 30, 2007

O Lagostim
É um blog plural
Ofendemos gajos e gajas
Todos por igual

Ainda me hão-de explicar qual é o mecanismo que faz com que uma mulher guarde ressentimentos profundos durante anos contra alguém que lhe pisou um pedacinho da bota de camurça no autocarro sem querer, e que permite que de vez em quando se esqueça que para pôr uma mudança tem que se carregar no pedal da embraiagem com força!

Karvela (é ouvi-las... craaaaaaaaaaaaaaank... até dói!)

2 comentários:

That old anonymous disse...

Bem... não queria ser bárbaro contigo... Mas eu sei que, de longe a longe, todas as mulheres gostam de um tiquinho de barbaridade.

"So", é mais ou menos assim: Quando um homem pisa sem querer uma mulher
no autocarro, ela pensa:

-"Este gajo é um froterista! Pisou-me a bota de camurça, e daqui a nada vai encostar-se e vai começar a esfregar-se em mim. Que horror!, nunca mais lhe perdoo!".

Dias depois, quando ela vai a conduzir (só conduzir, porque as mulheres não sabem pilotar) o automóvel, ela fica a pensar:

-"Devia ter deixado aquele froterista encostar-se a mim; afinal, ninguém saberia e a coisa até poderia revelar-se interessante"...

É nesse instante que, por ela estar tão absorta nos seus devaneios que se esquece de carregar no pedal da embraiagem.

Expliquei bem?... hã?...

De prémio quero um pacote de batas fritas Pala-pala.

Arnaldoooooo disse...

Essa é imperdoável, a de esquecer de carregar na embraiagem....Qto muito esqueço-me em que mudança vou ou mesmo se tenho os médios ligados....