quinta-feira, dezembro 28, 2006

Toma que é para aprenderes a não ser pedinchão
Post # 4 dedicado ao Arnaldo


Falo com o Arnaldo todos os dias no messenger ou por telefone e de vez em quando encontramo-nos para almoçar.
Em 2006 fomos a uma feira de queijos em Sesimbra na qual ele só abriu a boca para gozar com as ovelhas malatas. Cuspimo-nos a rir, a comer, a falar (somos um bocado badalhocos). Pintámos os dentes com mousse de chocolate para imitar a dentição do ex-chefe dele. Fizemos sessão fotográfica para o aniversário Fabricius Emigrante no jardim do meu local de trabalho. Almoçámos dentro do carro. Fomos almoçar ao 30, ao 29, ao 5 mas nunca (nunca!) ao verdadeiro nome do restaurante (28). Almoçámos ao lado do Ferreira Diniz e quase tivemos uma indigestão por não poder comer, rir e fazer piadas ao mesmo tempo. Fez-me um video de aniversário genial.

E mesmo assim ainda não me cansei dele.

Karvela (bom 2007, amigo)

6 comentários:

Minerva McGonagall disse...

Bem, acho que dava um ou dois dedos do pé para vos ver nessas palhaçadas!

Anónimo disse...

Ainda bem que não dás os 3



































dedos

Minerva McGonagall disse...

Ó Arnaldo, isso já eu dei há muito...

Minerva McGonagall disse...

Olha, só agora é que vi que deste espaço...
Lol

BlueAngel disse...

Momentos desses com os amigos são do melhor que há na vida. Felizes de nós que temos e podmos recordar e partilhar!!!

Anónimo disse...

bolas... agora sou eu que tou com inveja.... inté que pareço a fiona de tão verde que tou....