sexta-feira, dezembro 29, 2006

Prova # 35412 que Serenella Andrade não devia trabalhar em televisão

Durante a época festiva a Praça da Alegria é apresentada pelo Hélder qualquer coisa e pela Serenella Andrade. Esta manhã, estava eu ainda ensonada e ouço o seguinte momento televisivo quando Carlos Capote confeccionava uma receita em directo.

Carlos Capote – Uma vez tive problemas com a polícia. Deixei um saco de coentros no parapeito de uma janela, fui sair e quando voltei tinha a polícia à porta a querer revistar-me o quarto…
Hélder qualquer coisa – Ahhahaha
Serenella (muito baixinho, pelo meio das gargalhadas) – Pensavam que era uma bomba…

Foi ignorada e Carlos Capote ainda usou a palavra "erva" duas vezes. Mas nada. Como vento a passar no Túnel do Grilo.

Sim, Serenella, pensavam que era uma bomba... se ela for tão inteligente como parece, lá para Maio está a apresentar o Totoloto, apercebe-se do que disse e em vez de "número suplementar" diz "ahhhhhhhh, coentros, erva... ahahah tem piada!"

Karvela

4 comentários:

Bxana disse...

OMG...

Minerva McGonagall disse...

Ehehe... até tem piada, a mulher é inocente! Mas olha que há gente a trabalhar na RTP que é muito pior, como por exemplo a Merche Romero.

Anónimo disse...

Muito bom! Muito bom mesmo!

Anónimo disse...

hahaha...k piada...deixem os apresentadores em paz e olhem pra vossa vidinha mediocre. Dp inda gozam a vizinha de baixo que gosta de falar da vida dos outros...omfg