terça-feira, outubro 31, 2006

José Castelo Branco na Caras. Logo, eu tinha que comprar a Caras.

José Castelo Branco é como um daqueles geradores automáticos de citações. Deixo as três que me puseram a rir à gargalhada no meio do restaurante:
Sou um pouco como a Liza Minelli, que dizia “Life is a cabaret show”.”

Adoro como ele se engana sistematicamente ao citar terceiros. “Cabaret show” é delicioso… parece que o estou a ouvir, enfatizando muito o SHOW! Que, aliás, é uma palavra que não aparece na letra da canção que ele menciona.

E, por coincidência, na mesma resposta (à pergunta “mas reconhece que essa é uma postura irreverente?”):
“Aliás, eu ultrapassei qualquer limite da sexualidade. Se me querem chamar algum nome, chamem-me lesbic”.

Eu ri-me tanto com a palavra lesbic! Mas depois ainda vim à Internet fazer uma busca. Realmente, em inglês não existe. Mas é catalão! Pronto, o José Castelo Branco quer mesmo é ser uma maluca espanhola!

Que continua:
“Porque gosto tanto de mulheres, enalteço-as de tal forma e gosto tanto de me parecer com elas que o meu maior gozo é estar com uma mulher”.

Isto não soa incrivelmente a Nelo e Idália? Do que eu gosto é de gajas, diz José Castelo Branco enquanto enfia sua mariconera debaixo do braço e vai comprar écharpes cor-de-rosa à Av. Da Liberdade.

Karvela (ah, alimentar as revistas del corazón...)
P.S. - Mariconera - ver aqui!

7 comentários:

Magoonífico disse...

"Mas é catalão! Pronto, o José Castelo Branco quer mesmo é ser uma maluca espanhola!"

Fizeste-me rir à grande com o post, também adoro esse tipo pelas piores razões. Não confundas é o que é espanhol com o que é catalão, porque embora façam parte do mesmo país, acredita I've been there and done that e não é que lhe achem muita piada...

sil disse...

...e eu consigo imaginar aquela bichona que se transporta nos barcos da tst...que saudades...

realmente as travessias mtj-lx são o máximo...

beijos

W. disse...

Catalunha não é bem Espanha... Mas pronto, o JCB não sabe essas coisas!
E percebo porque é que ele ultrapassou qualquer limite da sexualidade, aquilo (leia-se, JCB) é tão fora que já não há nada que lhe pegue! Nem mulheres, nem homens, nem cães, nem cavalos ninfomaníacos...

parafina falsificada disse...

Ai... estou pr'a aqui a rir-me feita parva xD

Brilhante!

BlueAngel disse...

É que não entendo essa coisa com pernas a quem dão tanto tempo de antena. Não entendo mesmo!!!!!!

Ana disse...

Uma mariconera!!!!!!! Lindo!! Nem sei se a palavra existe, mas só pelo nome...

kramer disse...

Essa coisa ficava mesmo bem a fazer "Show" era num jardim zoológico.

Numa jaula onde desse para praticar a arte de "atirar calhaus da calçada".