terça-feira, outubro 10, 2006

Agora quem está a ter um pequeno AVC sou eu!

Luciana Abreu, a pessoa que parece que se vestiu às escuras e tomou três Prozac em jejum, diz, na secção Sonhos e Projectos da sua entrevista para a TVGuia desta semana, e passo a citar: “Já concretizei alguns, como fazer a novela e gravar o disco. Agora, quero adoptar uma chinesinha. Estou a ver a melhor altura, em que o meu trabalho estabilize mais, para ir buscá-la”.

Ponto 1
Para fazeres uma declaração dessas é porque andas metida na chinesa, sem dúvida.

Ponto 2
Isto é tão ofensivo, a tantos níveis, para tanta gente, que nem tem piada.

Ponto 3
Saberás tu, Luciana, o tempo que demora a adoptar legalmente em Portugal, seja dentro do país ou internacionalmente?
Tu tens sequer ideia que acabaste de nos fazer supor uma ilegalidade, dizendo que a vais buscar?
Sabes que as pessoas que trabalham muito e que tentam adoptar como solteiras têm boas hipóteses de ver o seu pedido não autorizado porque possivelmente não serão pais ou mães presentes?
E com os teus showtógrafos e as tuas 12 horas de trabalho diário, achas que vais ser boa mãe?

Ponto 4
Epílogo
Luciana, eu até gostava da novela. Juro, gostava, achava piada à Delfina. A partir de hoje não só vou boicotar a novela como vou estar muito atenta à chegada de uma chinesinha ao teu agregado. Já no outro dia a história do Laborinho Lúcio ter adoptado em Cabo Verde, dizendo algo como “Não estávamos à espera, foi espontâneo” me ficou entalada. Mas o Laborinho Lúcio é um homem vivido e experiente no tratamento das leis e creio que jamais cometeria uma ilegalidade grosseira. Tal como não creio que tu o farás. As portas abrem-se com mais leveza para as pessoas conhecidas como o Laborinho Lúcio. Tal como se abrirão para ti.
Mas tenta não comprar uma chinesinha. Isso ficava-te mal.

Karvela

12 comentários:

Sofia Duarte disse...

Mais alguns pontos:
- Porquê uma chinesinha????? Por acaso saberá o que é um processo de adopção internacional? Por acaso saberá que portugueses residentes em POrtugal não podem, neste momento, adoptar na China?
- E por que não uma pretinha?

Anónimo disse...

Vou ficar atenta e activar os meus contactos.................... LOL

cochiuato disse...

O advogado do diabo:

Se calhar era preferivel criticarmos a lei da adopção, e não as pessoas que por impossibilidade de ter filhos ou por ignorância da lei, sonham ajudar uma criança necessitada.

Não acredito que a Luciana Abreu queira ludibriar as autoridades, acredito sim que na sua ingenuidade e ignorancia tenha proferido essas declarações.

Já o Laborinho Lúcio..... conhece muito bem a Justiça, por dentro e por fora.

bicho disse...

Se a chinesa serviu para deixares de ver a "novela" (eu chamo-lhe atentado à inteligência e muito mal representado, por sinal) já foi lucro!
Quanto à Luciana.... só me apetece dizer: tadinha! O que tem em cordas vocais falta-lhe em cérebro.

Marta disse...

a minha avô, desde uma ligeira turvação no olhar a um algo violento ataque de gases, tem sempre o mesmo prognóstico: "Ai, filha, isto é uma trombose!"
Também, quem manda 4 velhos metere-se num carro para ir para Fátima no pico do calor em Agosto!!

BlueAngel disse...

A Luciana é mesmo assim burrinha ou isso faz parte da personagem? Ai valha-me Deus!!!! Ela nem tem idade legal para adoptar um gafanhoto! E á agora que mal fez a chonesinha a Deus ou a Buda - sei lá - para ser adoptada pela Luciana? Já estou a imaginar a gritaria na hora das cações de ambalar! Apre!!!!! Coitado de quem quer que seja!!!! Deus ou Alá livrem a chiesinha de tal karma.

Arnaldoooooo disse...

Ou muito me engano, ou a referência à Chinesa foi da autoria da TVGUIA. O que a Luciana quer adoptar é a Barbie

virgolina disse...

Deixem la a rapariga sonhar!!! Que mauzinhos vocês!!!

W. disse...

"Vestiu-se às escuras" num dia bom! Ninguém me tira da ideia que ela é tão baixinha que usa um repolho como saia...

Sandra Cunha disse...

Cochiuato,

A adopção, e eu falo por experiência pessoal, não trata de ajudar criancinhas necessitadas. Trata sim do simples desejo de se ser mãe ou pai. Do simples desejo de ter um filho. E é esse desejo, essa vontade que deve presidir à decisão de ter um filho seja através de que via for. Porque se não for assim, se for só para "ajudar", não vai resultar.

Já agora, ir à China "buscar" uma criança equivale de facto a - ir à China "comprar" uma criança.

A Lei da Adopção ainda tem algumas falhas e deve ser mudada, mas o que também deve ser mudado é esta mentalidadezinha de "novo rico", de "engravatadinho" em que o que se faz, faz-se porque "é bem", porque está na moda, porque é giro, porque "vão todos falar muito de mim e porque eu quando for grande quero ser como as superstar americanas!"

Dauphin disse...

dá-lhe à china! "Dá-le"!

Anónimo disse...

Voces ek sao...na volta é por pessoas como voxes k o mundo está como está...epa, é indiferent s a criança é chinesa, italiana ou inglesa, so pelo facto d kerer adoptar uma já é um feito...s toda a gent penxar cm voces as crianças sao todas abandonadas ou nem tem oportunidade de serem felizes!!
Epa, kerem criticar, aprendao a faze-lo, faxam criticas construtivas, e nao critiquem nem goxem akilo k vos parece estupido, mas sim akilo k esta mal...tal cm, o governo dest pais e as 'novas regras' impostas pela ministra da educaçao!!
Opa, um conxelho, se tiverem argumentos, paxem para as criticas, se nao...nao vale a pena!!
Fikem bem.