quarta-feira, setembro 13, 2006

Again the dentist

Fui ao dentista. Outra vez. Ela pôs-me aqueles algodões na boca, que nos deixam como o Marlon Brando n'O Padrinho. E apeteceu-me dizer: "I'm gonna make him an offer he can't refuse". Mas não disse.
Não quis que ela me separasse a amálgama...
Karvela

4 comentários:

BlueAngel disse...

Realmente bem pensado. Nunca tinha visto isso por essa perspectiva. Só tu...

Minerva McGonagall disse...

Se tivesses o meu dentista, tinhas dito isso e ele ainda te respondia à altura. É um cómico do carago!

Anónimo disse...

...isa,
senti k a amálgama me era dedicada! E devias ter dito, pk abrir a boca por abrir, mais vale dizer algo de bonito! E temos de admitir...a palvara almágama faz-me doer sp aialma...ou será a nádega?

Anónimo disse...

Quando alguém tornar a fazer-te uma coisas dessas, Karvela,tu avisa-me! Tu avisa-me!...

(...E depois queixam-se que aparecem corpos a boiar no Tejo com algodão no ânus e cadáveres putrefactos com a amálgama desconjuntada na serra de Sintra! Pudera!...)

Nós cuidamos dos nossos, da familly!

Sua benção, padrinha!

(um beijo nas costas da mão. Um xi)