quinta-feira, junho 22, 2006

Não deviam dar a carta de condução a gajas

Hora de almoço, rua estreita, carros estacionados. De tal maneira que uma rapariga que ia a passar teve de caminhar parte do percurso no meio da estrada. Um carro aproxima-se lentamente por trás da rapariga e não consegue passar porque ela também não tem mais por onde ir. A senhora, dentro do carro, para avisar a moça… faz sinal de luzes.

Karvela (O mérito é todo da Sandra que foi quem presenciou o evento)

9 comentários:

virgolina disse...

Quem sabe o detrás, dela (srª do carro)vê??!!!!

Arnaldoooooo disse...

E se a menina fosse cega é que era....

Anónimo disse...

...isa,
eu acho k a sra fez isso apenas para ñ assustar a menina!

dauphin disse...

és um granel até para as tuas semelhantes.

CalabazaBlog disse...

Nice Blog!!!!

http://calabazablog.blogspot.com
www.calabaza.it

rititas disse...

a senhora (condutora) deve ter aprendido no código da estrada que dentro das localidades não se emitem sinais sonoros, só em caso de perigo eminente...
[e seguiu à risca, tá visto]

nicas disse...

Ok .... mas sabes porque é que se diz " Mulher ao volante perigo constante" ??? Porque a maior parte dos profs de condução são homens ....... =/

Gaja gira_gira disse...

Fui tomar café... legares para estacionar aos molhos, uma srª fazia marcha atrás, encostei logo até para lhe dar espaço...mas era ali que ela queria ficar, barafustou, tirei-me do tal lugar... ela, continuou em manobras com o carro pequenito e com um ar muito irritado... desejei-lhe um bom-dia e fiz-lhe ver o bom que era ela não estar ao volante de um camião TIR!
Duas gajas, dois comportamentos, se calhar não tem a ver com o ter ou não pila!

dAUPHIN disse...

SEXISTA!!!