quarta-feira, abril 05, 2006

A conversa mais bizarra da minha vida

Hoje, na Secretaria do meu local de trabalho.

Senhora da Secretaria cujo nome acaba em atilde - Isto dos telemóveis com com máquina fotográfica é muito perigoso!
Karvela - Então porquê?
Senhora da Secretaria cujo nome acaba em atilde - Porque no outro dia, na camioneta, uns miúdos estavam a gozar com uma velhota, tiraram-lhe uma fotografia e depois começaram a falar do bigode dela!
Karvela de boca aberta e olhos esbugalhados - Mas o que tem? Não se deve fazer, mas não é ilegal! Se anda na rua pode ser fotografada... desde que não publiquem...
Senhora da Secretaria cujo nome acaba em atilde - Está bem! Mas imagine que sou violada!
Karvela sem palavras - ...
Senhora da Secretaria cujo nome acaba em atilde - Pois, imagine!
Karvela recuperada - Parece que estou a ver, os tarados todos a comprarem a Revista do Violador e a dizerem "Olha esta que foi fotografada no Multibanco... um miminho! 'Bora violá-la!"

A senhora da Secretaria cujo nome acaba em atilde riu-se de uma maneira que denunciou que não tinha entendido. Fiquei um bocadinho frustrada. Até que vi a telefonista, a assistir de camarote à conversa, com as lágrimas nos olhos de tanto rir.

Karvela

4 comentários:

Arnaldoooooo disse...

Eu acho que conheço estas senhoras do tofóne....

E a sodona Patilde (peço desculpa por dizer o nome) quando souber que esta história está na net, terá receio de ser sodomizada?

E realmente é um perigo...concordo com ela

Fartpudding disse...

Tu és má!

kramer disse...

Má é a tilde....muito má... aquela mente. Logo a pensar em ser violada.
Ai faz hoje dois séculos que não sei o que é um ...énis. Jesus, quem dera que uns moços me tirasse umas fotos para eu sacudir as teias de aranha.

virgolina disse...

Bizarro mesmo!!! O melhor é ela enfiar um saco na cabeça, assim já não corre esse risco!!